MUCíNá Aquela que Dança, pesquisa em prática artística

www.blogs.unicamp.br/chao

 

Apresenta

Curso de fevereiro em Campinas, intensivo para atores-performers e estudantes das artes da cena

 

Visitaremos a Improvisação como procedimento de composição e treinamento para o ator-performer e estudantes das artes da cena.

 

Durante uma semana de encontros intensivos, os improvisadores irão se relacionar com dois diferentes métodos, reconhecidos internacionalmente: o Contact Improvisation (Steve Paxton) e os Viewpoints (Anne Bogart). Ao final, como fechamento, convidaremos o público para presenciar uma batalha de improvisação cênica, um torneio que colocará o trabalho com os métodos em cima do palco!

 

Contact Improvisation é uma prática corporal de alta fisicalidade, criado pelo bailarino, ginasta e coreógrafo Steve Paxton nos anos 1970 nos EUA. Em plena época de contestação das estruturas sociais, o CI tem como proposta a construção de situações em que o corpo possa criar novas formas e possibilidades de movimento: novas relações do corpo com a gravidade, com a inércia, com o chão, com ele mesmo e com outros corpos.

 

É um trabalho de improvisação, fundamentado numa síntese entre o Yoga, o Aikidô e a Dança Contemporânea, que busca a qualidade de surpreender-se, encontrando o inesperado dentro do movimento e das condições dadas. Também é um jogo, uma negociação de corpos que se comunicam através do movimento.

 

Os Viewpoints (pontos de vista), sistematizados por Anne Bogart (Siti Company/EUA), oferecem uma alternativa a práticas de interpretação, encenação e dramaturgia convencionais, apresentando uma prática colaborativa por natureza, suprimindo as hierarquias.

 

São nove os pontos de vista físicos, subdividos em duas categorias: Tempo (Ritmo, Duração, Resposta Sinestésica e Repetição) e Espaço (Forma, Gesto, Arquitetura, Relação Espacial e Topografia). Trata-se de um método de composição e treinamento para o ator performer em um sistema de relação com o tempo e espaço, propondo um estado de atentividade, de escuta plena, atingindo uma presença radical, ou seja, que não está somente no ator, mas na relação deste com o público, e com todo o entorno.

DATAS E HORÁRIOS

03 a 08 FEVEREIRO 2018

 

Programação:

Treinamento - de 03 a 07/02 (sábado a quarta)

10h às 13h Elementos técnicos de Contact Improvisation (Steve Paxton)

15h às 18h Os View Points (Anne Bogart)

 

BATALHA DE IMPROVISAÇÃO CÊNICA  com presença do público - 08/02 (quinta véspera de carnaval)

20h às 21h30 (Aquecimento de 18h às 19h30)

CARGA HORÁRIA E CERTIFICADO
 

Total de 33h de curso, com certificado digital de participação (necessário 85% de presença).

PARA QUEM?

  • Atores, performers e estudantes das artes da cena.

  • Jovens e adultos (a partir de 16 anos) que buscam conhecer e se aperfeiçoar na construção da cena improvisada, aprimorando seu currículo.

  • Pesquisadores, estudantes de cursos livres, profissionalizantes ou universitários, de Teatro, Artes do Corpo, Dança, Performance.

  • Acadêmicos do Teatro, interessados em conhecer a prática com os métodos.

LOCAL

Campinas/SP

PROFESSORAS

Marília Carneiro

Idealizadora da MUCíNá Aquela que Dança - ensino e pesquisa em prática artística atravessado pela improvisação como eixo organizador. Curiosa por métodos de pesquisa e criação nas artes, especializou-se em Improvisação de Dança e Contact Improvisation (Paxton). É doutora em Educação, Conhecimento, Linguagem e Arte pela FE/Unicamp, onde desenvolveu pedagogia especializada para o ensino do Contact. Em 2016 dirigiu na Casa do Lago/Unicamp o projeto ContactImpro & Performance, que incluiu também os Viewpoints, e em 2017 coordena a primeira Formação em CI do Brasil, uma jornada de treinamento e pesquisa. Bacharelou-se no Rio de Janeiro, na Faculdade Angel Vianna, e participou do Ateliê Coreográfico, no CCRJ, em 2005. Tem experiências no meio profissional da arte contemporânea em diferentes países e notadamente no Canadá e Moçambique. www.blogs.unicamp.br/mucina

 

Ana Flavia Felice

Mestre em Artes, com pesquisa em treinamento para o ator. Tem experiência em teatro, com ênfase na encenação, atuação e treinamento para o ator. Integrou o Atelie de Viewpoints coordenado pelo professor Dr. Narciso Teles na Federal de Uberlândia. Integrou o CIPER - Contato improvisação e performance - coordenado por Marília Carneiro, onde trabalhou com os Viewpoints com o elenco de improvisadores. Atualmente trabalha como intérprete/dançarina na Cia Tugudum de Campinas – SP, e ministra aulas de teatro na sede do grupo. Foi integrante fundadora do Grupo Giz de Teatro, no qual encenou os espetáculos A Cantora Careca (2009/2014) e Um Céu Para Dragões  (2013/2014). Desde 2010 ministra cursos de curta e longa duração para crianças, adolescentes e adultos.

INVESTIMENTO
 

R$754,00 à vista

* Não inclui hospedagem, alimentação ou transporte de nenhum tipo.

SELEÇÃO E INSCRIÇÕES

A seleção será feita com base nas informações de seus estudos, experiência e intenções, bem como disponibilidade de vagas.

 

  1. Preencha o pedido de inscrição abaixo

  2. Aguarde o resultado da seleção e envio de detalhes do pagamento por e-mail

BOLSAS

  • Bolsas disponíveis
     

Para ter seu pedido de bolsa analisado, pedimos:

 

1. Curta a página da MuCíNá no facebook e instagram: facebook.com/mucinadanza e instagram.com/mucinadanza

 

2. Confirme presença e marque três amigos em nosso evento do curso: www.facebook.com/events/107839313337160

* Execute os itens acima e sinalize o interesse pela bolsa que você precisa no formulário de inscrição que enviaremos mais detalhes!

Dúvidas? Estamos à disposição em contato@mucina.com.br!